Dieta: Driblando os "mui amigos" do seu emagrecimento!

Publicou: Marcia Parente às 01:00
Começar uma dieta não é fácil e fica ainda mais difícil quando certas situações servem como ciladas para sabotar todo o esforço. Depois que você se conscientiza de que precisa fechar a boca, se prepara psicologicamente para abdicar do seu chocolate preferido e encarar uns dias (ou meses) sem as guloseimas, tudo para perder os quilinhos extras, parece que o mundo se rebela contra os seus planos de emagrecer.

De repente, seus pais vivem pegando no seu pé, insistindo que você não está gorda e que precisa se alimentar direito. Seu amado namorado só a leva para jantar nos melhores restaurantes ou, então, sempre que vão ao cinema, compra aquele balde enooorme de pipoca. Sem falar nos amigos que, animados, não se cansam de marcar happy-hours regados a muito chope e gordurosos petiscos, ou naquela supercolega do escritório que costuma abrir um chocolatinho na última hora do expediente.

Parece enlouquecedor?! Pois é, essa turma toda pode se transformar em sua pior inimiga quando você está de dieta. Mas ainda que o seu "Não, obrigada" não surta muito efeito, tenha em mente que uma alimentação moderada é o segredo do negócio. A seguir, fique atenta às dicas da nutricionista da Clínica de Medicina Geral do Futuro (SP), Priscila Camarosani Garcia, para lidar com cada uma dessas perigosas situações. Vai ser um sucesso!

REFEIÇÕES EM FAMÍLIA

Sua mãe sabe que você está com força total para continuar sua dieta, mas ela sempre prepara algo supercalórico no almoço ou no jantar. O prato, além de alimentos gordinhos, vem com aquela chantagem barata "eu cozinho, mas ninguém come". Você, então, se sente praticamente obrigada a dar uma bela garfada para mostrar que a comida estava realmente uma delícia e que o esforço dela valeu a pena.

solução
Recusar a comida que sua mãe preparou é quase mesma coisa que entrar em pé de guerra. Então, já que ela faz tanta questão que você coma, que tal conversar numa boa e pedir que ela troque os ingredientes considerados gordos por outros mais magros? "O ideal é preparar alimentos menos calóricos e inovar na alimentação. Vale fazer algumas trocas, como molhos gordurosos por molho de tomate, presunto por peito de peru, leite integral por desnatado, além de dar preferência para massa integral e carnes magras e, principalmente, incorporar mais vegetais no prato", aconselha a nutricionista. Ah! E peça para sua mãe nem chegar perto do óleo. Fritura, jamais! Além de fazer bem para você, essa atitude ainda contribui com o meio ambiente.

SEMPRE CHOCOLATE

Em se tratando de ajudar na sua dieta, parece mais é que a colega de trabalho quer que você desista mesmo. Quando o relógio bate na última hora do expediente, aquela fominha avança e a amigona saca uma barra de chocolate da gaveta. Dá até raiva! Pior quando ela insiste em dizer que um "quadradinho" não vai fazer diferença em sua dieta. E de um em um, você quase devora tudo.

solução
Ficar horas sem comer na tentativa de emagrecer não leva a resultado algum e ainda pode causar picos de fome extremos, o que a torna mais vulnerável a cair em tentação e devorar o chocolate da colega. Então, para que você não tenha ataques súbitos no meio da tarde e saia devorando o que vier pela frente, tenha alternativas em mãos. "Uma fruta seca, uma barra de cereal, fatias de peito de peru ou um iogurte desnatado são excelentes opções", sugere a nutricionista. Lembre-se: ingerir comidas saudáveis de três em três horas melhora o metabolismo e acelera a queima de gordura.

CERVEJINHA COM A TURMA...

Com o calor, a galera não sai mais dos barzinhos da cidade. São horas e horas tomando chope e comendo aqueles deliciosos - porém, nada saudáveis - petiscos que, somados à bebida alcoólica, são praticamente uma bomba para quem está a fim de jogar a dieta pelos ares. E, negar um convite dos amigos é pedir para ganhar o título de antissocial e até mesmo de paranoica, se resolver abrir o jogo e confessar que está de regime.

solução
PIPOCA A DOIS NO CINEMA

Você até suspira só de imaginar se "afogando" em um balde enquanto assiste ao filme... Ou então, basta entrar na academia ou dizer para o amado que está de dieta que ele arranja desculpa para um jantarzinho aqui, outro acolá, compra o seu bombom favorito... Desesperador!

solução
Comer pipoca no cinema não tem problema, mas não vale abusar. O truque é comer sem manteiga e sem sal. Então, enquanto o gato compra os ingressos, você pega o saco de pipoca para não ter erro. "Para disfarçar essa vontade, chupe balinhas diet e, se for tomar refrigerante, aposte na versão dietética", indica. Agora, se o programa da noite for um jantar, não entre em pânico e vá curtir com o namorado. "Como o jantar tem de ser em menor quantidade, o melhor é dispensar o couvert, que pode conter uma quantidade de carboidrato desnecessária", orienta. Na hora de escolher o menu da noite, fique de olho nas opções do lugar. "Peça pratos que não levem muito açúcar e gordura. Pode ser uma carne magra, como frango, peixe ou filé-mignon - picanha e alcatra, nem pensar! - assada ou cozida, acompanhada de batatas, arroz ou massa e uma seleta de vegetais ou salada", recomenda. E para a sobremesa... "Se puder ficar sem, melhor. Caso contrário, vá de salada de frutas ou creme de papaia. Ou escolha doces à base de fruta que, embora sejam feitos com açúcar, são mais saudáveis e não contêm gordura", finaliza.

Fonte: Revista Corpo a Corpo



0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Seu comentário é muito importante.

 

Saudável e Bela Copyright © 2012 Design by Cecilia Parente inspirado em Vinte e poucos