Melancia: A musa do verão!

Publicou: Marcia Parente às 01:00
Ela ja era apreciada há mais de 5 mil anos pelos faraós e, atualmente, é a segunda fruta mais consumida no mundo (só perde para a banana), principalmente no verão. Chegou às Américas no início do século 17, transportada da África por escravos. Faz tanto sucesso no Brasil que há quem acredite que o fruto é “produto da casa”. Com vocês, a melancia.
A afinidade com o alimento tem explicação. “Além de gostosa, é composta por 90% de água, o que a torna refrescante, ideal para hidratar o corpo em dias quentes”, afirma a nutróloga Daniela Hueb. O líquido estimula a vontade de urinar, baixando os níveis de ácido úrico do organismo. “Por isso, é coadjuvante no tratamento da gota e nos casos de pressão alta”, comenta Daniela.
Pouco calórica
Sabe o ditado popular “tamanho não é documento”? A melancia é a prova disso. Apesar do tamanho exagerado, a fruta é pouco calórica: apenas 30 calorias em 100 gramas. Em contrapartida, é rica em fibras, substância que regula o bom funcionamento do intestino.
“Quando livre da constipação, a pessoa aproveita melhor os nutrientes dos alimentos, que passam menos tempo fermentando no intestino”, explica Daniela. Como se não bastasse, as fibras ainda provocam a sensação de saciedade, em outras palavras, a vontade de degustar aquele docinho fica para depois.
Tá beleza!
Além de ajudar a perder uns quilinhos, a fruta ainda se destaca em outros benefícios para a beleza. “A melancia possui vitamina C, composto que age contra o envelhecimento precoce e auxilia na formação do colágeno, substância responsável por conferir firmeza à pele”, afirma a nutricionista Carolina Santos.
E tem mais. Um dos motivos para as unhas e os cabelos ficarem quebradiços é a falta de vitaminas do complexo B, presentes em abundância no alimento. E betacaroteno, convertido em vitamina A no organismo. Esta última protege o globo ocular contra doenças.
Corpo blindado
Uma das substâncias contra o câncer mais estudadas pelos cientistas é o licopeno. O composto é o pigmento responsável pela coloração avermelhada de diversos vegetais e, neste caso, o da polpa da melancia. E não é pouco: 40%, mais até que o tomate. “O consumo regular de licopeno diminui o risco de alguns tipos de câncer, como o de próstata, estômago, pâncreas, bexiga e mama. Isso se deve à ação antioxidante, capaz de proteger o organismo de alterações celulares que podem desencadear tais doenças”, pondera Carolina.
Sem sementes
Para quem não gosta de consumi-las, tirar uma por uma dá um trabalho. Mas saiba que já existe um tipo de melancia sem sementes. O alimento é cultivado no Japão e é resultado de uma combinação de espécies diferentes. “O valor nutritivo não sofreu alteração e o sabor também é o mesmo. Só as sementinhas que sumiram”, comenta Daniela. No Brasil, essa tecnologia ainda não ganhou força.
Quanto consumir
De acordo com a nutricionista Roseli Rossi, especialista em nutrição clínica, o consumo ideal varia para cada pessoa. No entanto, ela garante que uma fatia diária é suficiente para aproveitar os benefícios da melancia. “É recomendado ingerir uma porção de frutas vermelhas diariamente. Os apreciadores de melancia podem consumi-la com mais frequência, já que possui baixa caloria”, afirma.


À noite...
Não é regra, mas evite comer o alimento no fim do dia. “À noite, a digestão é naturalmente mais lenta. Quando, depois da refeição, se ingere a melancia, o estômago se enche de água, formando uma sopa junto aos alimentos”, conta. Isso torna o processo digestivo ainda mais vagaroso e deixa aquela sensação de peso no estômago, o que pode comprometer o sono.
Na hora!
Independente da fruta, o ideal é consumi-la no momento em que for cortada. “Em contato com o ar, as vitaminas, principalmente a vitamina C, oxidam facilmente”, diz Roseli. Para armazenar na geladeira, envolva-a com papel filme ou alumínio. Assim, evita-se que ela resseque e absorva o odor de outros alimentos.

Fonte: Revista Vida Natural e Equilibrio

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Seu comentário é muito importante.

 

Saudável e Bela Copyright © 2012 Design by Cecilia Parente inspirado em Vinte e poucos