Dieta zodiacal: Você em alto astral!(parte4)

Publicou: Marcia Parente às 01:00

CAPRICÓRNIO (22/12 a 20/1)

Seguem uma linha mais "natureba". "É comum encontrar muitas adeptas da alimentação macrobiótica neste signo", adverte Elizabeth. Geralmente, são bem magras, quase pele e osso, com baixo percentual de gordura corporal. Para quem quer ganhar tônus muscular, a sugestão da astróloga é combinar, nas principais refeições, proteínas (pode ser uma carne) e carboidratos (um arroz integral). É superimportante também que consuma proteína animal para conservar a vitalidade da pele, já que o signo rege este órgão. Como são bastante decididas e persistentes, as dietas dão resultados rápidos. Normalmente, a obsessão delas faz com que cumpram cada recomendação alimentar como se estivessem seguindo uma planilha de metas empresariais. No entanto, se o programa não surtir efeitos, rapidamente abandonam o barco.

Invista em:

Carnes magras.

Arroz integral.

Frutas secas e cítricas.

Nozes e ameixas.

Legumes, como repolho, rabanete, batata, beterraba e espinafre.

Passe longe de:

Frios e embutidos.

Bebidas geladas antes e durante as refeições, a fim de evitar problemas gastrointestinais.

AQUÁRIO (21/1 a 19/2)

As aquarianas "comem para viver". Por causa disso, pulam inúmeras refeições. Elas costumam ficar tão absorvidas em seus pensamentos, que esquecem do mundo e de nutrir o seu corpo. Anemia é um estado quase que permanente na vida destas nativas. Como não gostam de cozinhar, são adeptas de fast-foods e alimentos congelados. Sendo assim, é importante, para a saúde e a manutenção do peso, optarem por comidas caseiras e frescas. Além dos péssimos hábitos, a inconstância delas é outro fator que atrapalha (e muito) a seguirem um plano alimentar correto. Elas se mantêm na linha durante 15 dias, depois abandonam o cardápio saudável. São fãs de misturar comidas com gostos contrastantes. O sabor agridoce, as fascina.

Invista em:

Chás de camomila, lúpulo ou tília, para controlar o nervosismo.

Doces em compotas, que, para elas, não irão reverter em gordura abdominal.

Gengibre, alfafa, aspargo, quiabo, rabanete, páprica, orégano, calêndula, que são ricos em vitaminas A, B, cálcio, magnésio e enxofre, carências principais dessas nativas.

Passe longe de:

Comidas gordurosas.

Aditivos químicos.

Pimentas e bebidas gasosas para evitar azia e gases.

PEIXES (20/2 a 20/3)

Temperamentais, as piscianas são totalmente influenciadas por suas emoções, até mesmo na hora de se alimentar. Se estão bem e animadas, comem de tudo, embora sempre lentamente e com muita dispersão. Agora, quando estão desanimadas ou melancólicas, atacam tudo que vêem pela frente e passam da conta, o que acaba refletindo nos ponteiros da balança. Muito voláteis, elas mudam o tempo todo de dieta e, na verdade, não dão continuidade a nenhuma. O mais importante é que elas comam em pequenas porções e apenas quando puderem estar sossegadas para evitar exageros. Outra recomendação é para que dispensem alimentos muito pesados ou com temperos exóticos, porque se intoxicam com facilidade. As nativas de Peixes também têm muita tendência à retenção de líquidos, portanto, alimentos com bastante água devem ser consumidos com moderação.

Invista em:

Frutos do mar (inclusive as ostras).

Derivados do leite (como queijos brancos e iogurtes).

Amêndoas e alcachofras.

Alimentos ricos em vitamina C, como os vegetais verde-escuros, mamão, uva-passa e ameixa seca.

Passe longe de:

Líquidos durante as refeições.

Frutas aquosas, como pêra, maçã e melão.

Alimentos apimentados.

Bebidas alcoólicas, salvo o vinho.

Fonte: Revista: Corpo a Corpo

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Seu comentário é muito importante.

 

Saudável e Bela Copyright © 2012 Design by Cecilia Parente inspirado em Vinte e poucos