Dieta equilibrada: Tem matemática na nutrição!

Publicou: Marcia Parente às 01:00
De acordo com o cientista David Katz e de sua equipe que atua em uma das mais prestigiosas universidades americanas, a Yale,existe um cálculo totalmente lógico e científico para avaliar o potencial dos alimentos em preservar a saúde por muitos e muitos anos.
Com base nesse cálculo o cientista e sua equipe já avaliaram 25 mil alimentos, sendo que, pretendem finalizar o trabalho com nada menos que 200 mil itens acrescentados á lista dos melhores e piores da nutrição.
O que você vai conhecer é uma pequena amostra do trabalho em desenvolvimento.

A fórmula da nutrição!
A fórmula que resulta no ranking foi concebida em 2006. Ela leva em conta 30 nutrientes, alguns bem-vindos e outros nem tanto. Na hora da conta, os cientistas se valem da composição do alimento para estimar os pontos vindos das substâncias nota 10 e os pontos fornecidos por um ingrediente de potencial nocivo. Daí, dividem o escore dos componentes benéfi cos pelo dos componentes indesejados. “A qualidade dos nutrientes também pesa na hora de fechar o raciocínio. O resultado vai de 1 a 100”, diz a nutricionista Lauren Rhee, que integra a equipe.

PONTOS DOS NUTRIENTES BEM-VINDOS ÷ PONTOS DOS NUTRIENTES INDESEJADOS = PONTUAÇÃO DO ALIMENTO (1 a 100)

Por que são premiados?
São muitos os ingredientes com enorme poder de alçar o alimento às primeiras colocações do ranking. A lista começa com as fibras e segue repleta de vitaminas, como a A, as do complexo B, a C, a D e a E. O time dos minerais é estrelado por ferro, zinco, cálcio, potássio e magnésio. O ômega-3 é a única gordura a dar as caras por aqui, no time benéfico. Para completar, um boom de antioxidantes, representado pelos flavonóides e carotenóides, que costumam colorir frutas e verduras.

Laranja: A grande campeã!
Entenda por que os cientistas americanos colocaram a popular laranja entre os vegetais no topo do ranking.

Fibras: O bagaço da fruta é rico nessas substâncias,que não só ajudam o intestino a trabalhar melhor, como contribuem para equilibrar os níveis de açúcar no sangue.
+
Vitaminas: A laranja conta com doses generosas desses nutrientes,mas é celebrada por ser uma das maiores fontes de vitamina C,um grande antioxidante que reforça as defesas contra micróbios e tumores.
+
Outros ingredientes: A fruta está carregada de outras substâncias, como os flavonóides,que enfrentam os radicais livres,moléculas que em excesso,prejudicam as células causando o envelhecimento precoce.
Ainda tem potássio,mineral que participa da distribuição dos líquidos pelo corpo.
Total:100 pontos

Por que são perigosos?
São cinco as substâncias que fazem o alimento perder muitos pontos e cair literalmente pelas tabelas. Abrem a lista as gorduras saturada e trans, que favorecem a disparada do LDL, o colesterol ruim, e, com isso, ameaçam o coração. Logo depois, está o próprio colesterol, que, em excesso, só traz mais problemas aos vasos. Para completar, vem o açúcar, que deixa o peso nas alturas e desencadeia o diabete, e o sódio, que patrocina a hipertensão.

Nota zero para eles!
Eles ainda não entraram no catálogo oficial do NuVal, o sistema de pontuação dos alimentos. Mas, quando estrearem por lá, entrarão com o pé esquerdo, quer dizer, nas últimas posições do ranking. Estamos falando dos grandes depósitos de nutrientes mal-afamados, como gordura trans e sódio — biscoitos, embutidos, doces e refrigerantes. Confira abaixo os míseros pontinhos destinados a alguns deles.

Cachorro quente 5
Chocolate ao leite 3
Biscoito 2
Refrigerante 1

Eles tem a força!
Veja os quarenta alimentos para viver mais.

Laranja: 100 pontos

Aspargo: 100 pontos

Damasco: 100 pontos

Vagem: 100 pontos

Mirtilo: 100 pontos

Brócolis: 100 pontos

Couve-flor: 100 pontos

Repolho: 100 pontos

Kiwi: 100 pontos

Folha de mostarda 100 pontos

Alface: 100 pontos

Morango: 100 pontos

Nabo: 100 pontos

Espinafre: 100 pontos

Quiabo 100 pontos

Cenoura: 99 pontos

Grapefruit: 99 pontos

Abacaxi: 99 pontos

Ameixa: 99 pontos

Manga 93 pontos


Batata: 93 pontos

Tangerina: 93 pontos

Cebola roxa: 93 pontos

Banana: 91 pontos

Milho 91 pontos

Uva: 91 pontos

Melão: 91 pontos

Ruibarbo: 91 pontos

Salmão: 87 pontos

Catfish 82 pontos

Alface-americana: 82 pontos

Bacalhau: 82 pontos

Tilápia: 82 pontos

Ostra: 81 pontos

Peixe-espada 81 pontos

Maracujá: 78 pontos

Pitu: 75 pontos

Camarão: 75 pontos

Marisco: 71 pontos

Linguado 51 pontos

Aprecie com moderação
Conheça os alimentos que, de acordo como o ranking recém-criado pelos cientistas americanos, não precisam ser abolidos mas exigem sempre moderação.

Peito de peru sem pele: 48 pontos

Peito de frango: 39 pontos

Lagosta: 36 pontos

Lombo de porco: 35 pontos

Carne bovina: 34 pontos

Peito de peru com pele: 31 pontos

Vitela: 31 pontos

Costeleta de vitela: 31 pontos

Lombo bovino: 30 pontos

Coxa de frango: 30 pontos

Hambúrger bovino: 30 pontos

Bisteca de porco: 28 pontos

Asa de frango: 28 pontos

Cordeiro: 28 pontos

Pernil de cordeiro: 28 pontos

Presunto: 27 pontos

Costela suína: 25 pontos

Coco: 24 pontos

Costela de vaca: 24 pontos

Salame: 7 pontos

Fonte: Revista Saúde

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Seu comentário é muito importante.

 

Saudável e Bela Copyright © 2012 Design by Cecilia Parente inspirado em Vinte e poucos